Comitê Pró-Animais debate a criação do Web Folder Educativo

0
161
Membros do Comitê Estadual de Proteção e Defesa dos Animais (Pró-Animais)

Esse informativo será utilizado em todas as ações do Comitê e também para o conhecimento geral da sociedade

Membros do Comitê Estadual de Proteção e Defesa dos Animais (Pró-Animais)

O Comitê Estadual de Proteção e Defesa dos Animais (Pró-Animais), se reuniu remotamente nesta quinta-feira, 18, para apresentação do Grupo de Trabalho (GT) do Web Folder Educativo, que substitui as ações presenciais para alguns grupos. Essa é uma atividade que foi adaptada no Plano de Trabalho, que será utilizado em todas as ações do Comitê e também para informação geral da sociedade.

O gerente de Educação Ambiental da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e secretário executivo do Comitê, Elrik da Silva, afirmou que “a criação do Web Folder irá trazer mais visibilidade às ações ligadas aos animais, com a intenção de despertar no público uma sensibilidade maior que ajude na redução de maus tratos que tanto presenciamos acontecer”.

Os integrantes debateram sobre o modelo apresentado pela representante da Secretaria de Educação, Juventude e Esporte (Seduc), Fabricia Martins, e a linguagem que será utilizada, desde que tenha versão infantil e adulta para amplo alcance na divulgação. Foi sugerido ainda que se inclua informações sobre o trabalho do Comitê Pró-Animais, para que o público geral possa ter mais conhecimento.

Após o debate em torno do assunto, o Comitê foi dividido em grupos por instituições para colaborarem com a edição final do Web Folder, com prazo estabelecido de 20 dias para enviarem sugestões de textos via e-mail.

A próxima reunião foi definida para o dia 12 de maio, onde serão apresentadas as alterações realizadas a partir da contribuição coletiva.

Comitê Pró-Animais

O papel do Comitê Pró-Animais é promover, estimular, fortalecer e avaliar a implementação das Políticas Públicas Estaduais em defesa dos direitos dos animais em todo o Estado do Tocantins, através de debates para a discussão e tomada de decisões sobre o tema. A composição dos membros e respectivos suplentes do Comitê Pró-Animais é feita por indicações dos órgãos, entidades públicas e privadas a que representam, e designados por ato do Secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos para mandato de dois anos, permitida uma recondução. Para o cumprimento de suas atribuições, o Comitê conta com o apoio de órgãos e entidades públicos ou privados, da sociedade civil organizada, assim como especialistas e técnicos.

O papel do Comitê Pró-Animais é promover a implementação das Políticas Públicas Estaduais em defesa dos direitos dos animais

Fotos: Acervo Semarh/Governo do Tocantins

Luíza Caetano/Governo do Tocantins