Câmara de Palmas terá dança das cadeiras após vereadores serem eleitos deputados; confira

0
38

Três vereadores devem deixar os cargos para suplentes. Mudanças também vão impactar na composição da casa de leis. Nego do Palácio (PDT), Josmundo (Pode) e Major Negreiros (PSDB) assumem as novas vagas
Arte g1
Três vereadores de Palmas foram eleitos para exercer mandatos de deputado estadual ou federal nos próximos quatro anos. Com isso, a partir de janeiro de 2023 a Câmara de Vereadores terá mudança na sua composição. Confira quem vai sair e quem deve assumir uma cadeira.
A saída mais significativa é da atual presidente da Câmara, professora Janad Valcari (PL), que é a principal opositora ao governo municipal. Ela foi a segunda candidata mais votada para a Assembleia Legislativa, com 31.587 votos.
Segundo a Câmara de Vereadores, quem vai assumir a cadeira deixada por ela é o suplente Josmundo Vila Nova (PODE). Ele tem 45 anos é empresário e teve 1.195 votos nas eleições de 2020.
LEIA TAMBÉM
Conheça os deputados estaduais eleitos e como fica a bancada na Assembleia Legislativa O
Conheça os deputados federais eleitos e como fica a bancada do TO na Câmara dos Deputados
Eleições 2022: veja como votou cada uma das cidades do Tocantins
A segunda saída com destino à AL será do vereador Moisemar Marinho (PSB), que teve 12.533 votos e foi o 21º candidato a deputado mais votado. Quem assume no lugar dele é o suplente Clayzer Magono Duarte (PDT), o Nego do Palácio, que tem 40 anos e é servidor público estadual. Na última eleição municipal ele teve 707 votos.
Prédio da Câmara de Palmas
Divulgação/Câmara de Vereadores de Palmas
A terceira saída da Câmara de Vereadores deve ser de Felipe Martins (PL), que foi eleito a deputado federal com 36.293 votos no último domingo (2). Ele foi o sexto mais votado e vai representar o Tocantins em Brasília.
O lugar dele será ocupado pelo suplente Major Negreiros (PSDB), que recebeu 1.207 ao disputar o cargo em 2020. Ele tem 52 anos e já foi vereador de Palmas por dois mandatos.
Composição
Cinthia Ribeiro em cerimônia de posse na Câmara de Palmas
Edu Fortes/ Prefeitura de Palmas
As mudanças também vão mexer com a composição da Câmara de Vereadores de Palmas. O PSDB, partido da prefeita Cinthia Ribeiro, por exemplo, ganhará mais um representante e se tornará a legenda com mais vereadores, cinco no total.
O PL, da presidente Janad Valcari e do vereador Filipe Martins, não terá mais representação na Câmara. Enquanto o PSB de Moisemar Marinho ficará com três vereadores.
O União será o segundo partido com mais representantes, quatro no total. O PODE e o PDT passarão a contar com um representante, assim como Republicanos, Cidadania, SD, PTB e PSD.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins