Veículos, móveis, equipamentos hospitalares e até maquinário agrícola serão leiloados em Araguaína; saiba como participar

0
44

Estão disponíveis mais de 140 bens para serem arrematados no leilão do tipo maior lance por lote. Interessados podem visitar itens de 5 a 14 de dezembro. Leilão tem lances iniciais a partir de R$ 200
Divulgação/Prefeitura de Araguaína
A Prefeitura de Araguaína, no norte do estado, vai leiloar diversos bens entre veículos, mobiliário, equipamentos hospitalares e eletrônicos e ainda maquinários agrícolas, como tratores. O evento está marcado para o dia 15 de dezembro, no Ginásio Poliesportivo Pedro Quaresma, na Via Lago.
Segundo o município, vão poder participar pessoas físicas e empresas. As inscrições podem ser feitas até o dia 13 de dezembro. São mais de 140 bens disponíveis para serem arrematados no leilão, que será do tipo maior lance por lote.
Entre os 99 veículos disponíveis estão motocicletas em situação de sucata ou em circulação e carros populares, sendo que alguns estão faltando peças, e até modelos maiores, como uma Kombi e uma caminhonete.
Dos móveis e eletrônicos, os interessado podem escolher entre, impressoras, monitores, ventiladores, freezer, geladeira, cadeiras e mesas, armários, bebedouros, ar condicionado, entre outros.
Há também equipamentos usados em hospitais como desfibrilador cardíaco, incubadora para bebês e até mesa cirúrgica manual.
Entre os bens servíveis, há lotes com lances iniciais de R$ 200 a R$ 9 mil. Nos lotes de veículos e peças, os lances iniciais variam de R$ 200 a R$ 18 mil. O lote de mobiliários começa com lances de R$ 200.
Confira o edital completo do leilão.
Conforme o edital, o leilão vai acontecer na modalidade híbrida, ou seja, serão aceitos lances on-line e presencial ao mesmo tempo.
Para participar, o interessado deve se cadastrar no site Leiloeiro Eduardo até o dia 13 de dezembro. Para acessar clique aqui. Será obrigatória a apresentação de CPF original, documento de identidade original com foto e comprovante de endereço.
Os interessados poderão fazer a visitação dos bens a partir da próxima segunda-feira (5) até 14 de dezembro no Centro de Controle de Zoonozes, Secretaria da Infraestrutura, galpões da Secretaria da Educação e no anexo da Secretaria da Saúde.
As empresas vão ter que apresentar registro comercial, estatuto, contrato social, ato constitutivo, ata de fundação e documentos que informem o enquadramento jurídico e tributário.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins