Tocantinópolis | Polícia Civil age rápido e apreende infratores poucas horas após assalto na cidade

Os jovens infratores foram autuados por atos infracionais análogos aos crimes de roubo com uso de arma e concurso de pessoas e tráfico de drogas..

0
47
Na residência, os policiais encontraram a roupa que havia sido utilizada durante o assalto e ainda drogas in natura, além de um dos celulares que havia sido roubado- Foto / SSP-TO.

Em poucas horas a Polícia Civil do Tocantins, por meio da 20ª Delegacia de Polícia Civil (20ª DPC) de Tocantinópolis, esclareceu um assalto ocorrido na manhã desta segunda-feira, 3, na frente de uma Escola pública localizada no setor Alto Bonito. Na ocasião, duas vítimas adolescentes tiveram seus celulares roubados mediante o uso de arma branca.

Conforme o delegado responsável pelo caso, Tiago Daniel de Moraes, por volta das 12 horas, ele e sua equipe receberam um vídeo com imagens do assalto, conseguiram identificar um dos autores, e seguiram diretamente para a casa do suspeito. Na residência, o adolescente infrator já havia trocado de roupa, mas os policiais encontraram a roupa que havia sido utilizada durante o assalto e ainda 80 gramas de maconha in natura, além de um dos celulares que havia sido roubado. O jovem confessou o ato infracional e indicou a casa de seu comparsa.

Na casa do outro suspeito, a equipe da 20ª DPC encontrou o outro celular furtado, 11 porções (cerca de 32 gramas) de maconha embaladas para comercialização, 68 gramas de maconha prensada, balança de precisão e também a roupa utilizada no assalto. O pai do adolescente informou que o mesmo não estava em casa. Os policiais seguiram em diligências e por voltas das 15 horas conseguiram localizá-lo e apreendê-lo.

Na casa do outro suspeito, foram encontrados celular furtado, drogas embaladas para comercialização, balança de precisão e também a roupa usada no crime- Foto/ SSP-TO.

Os jovens infratores foram autuados por atos infracionais análogos aos crimes de roubo com uso de arma e concurso de pessoas e tráfico de drogas. Segundo o delegado Tiago Daniel, depois da autuação dos jovens, eles ficarão à disposição do Ministério Público para os procedimentos legais cabíveis.

Fonte: Secretaria de Segurança Pública do Tocantins.