Suspeitos de roubar submetralhadora em fazenda no interior do Tocantins são presos pela Polícia Civil

0
51

A arma teria sido usada pelos criminosos para cometer uma série de outros crimes na região. Submetralhadora foi recuperada em Nova Olinda
Divulgação/Polícia Militar
A Polícia Civil realizou uma operação para prender três homens suspeitos de invadir uma fazenda e roubar a submetralhadora e outros armas do dono da propriedade em Palmeirante. O crime foi no dia 2 de março deste ano e por cerca de três meses os armamentos foram usados em uma série de outros assaltos na região.
O dono da fazenda chegou a ser baleado durante o assalto. Ele levou tiros na perna e de raspão na cabeça, mas acabou sobrevivendo. O caso é tratado como tentativa de latrocínio.
A submetralhadora acabou sendo recuperada no fim de abril em uma ação da Polícia Militar. As outras armas ainda não foram localizadas.
Nesta quarta-feira (28) os investigadores da 3ª Delegacia Regional de Colinas do Tocantins foram as ruas cumprir mandados de prisão preventiva dos suspeitos. Os homens têm 24, 25 e 28 anos e não tiveram os nomes divulgados pela Secretaria de Segurança Pública.
As cidades onde houve mais registro da ação dos criminosos após o roubo da submetralhadora foram Araguaína e Nova Olinda. Os três suspeitos estão na Cadeira Pública de Colinas do Tocantins. A investigação está sob o comando da delegada Olodes Maria Oliveira Freitas.
Segundo a SSP, o inquérito policial foi concluído e todos os suspeitos já foram denunciados pelo Ministério Público.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins