Postos de combustíveis têm 48 horas para explicar porque ainda não reduziram preços no Tocantins

0
26
Divulgação/ Procon.

O Procon Tocantins notificou o Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Tocantins (Sindiposto) nesta quinta-feira, 26. Foi solicitado que o mesmo, que justifique o motivo que as reduções nos preços ainda não foram repassadas para os postos de combustíveis.

No documento o órgão de defesa do consumidor destaca que as reduções nos preços dos combustíveis, anunciadas pela Petrobras nestes três primeiros meses de 2020, chegam a 52,3% na gasolina e 32,5% no Diesel.

O superintendente do Procon Tocantins, Walter Viana, foi dado o prazo de 48h para que o sindicato envie a documentação justificando porque redução não foi realizada na proporção anunciada pela Petrobras nos postos de combustíveis do Estado.

Fonte: Procon