Polícia Civil elucida furto de aparelho celular e prende autor do crime em Porto Nacional

0
120
Homem suspeito de furto é identificado pela Polícia Civil em Porto Nacional// Foto - Polícia Civil - Divulgação

Investigações da PC-TO apontaram que o suspeito é contumaz na prática criminosa.

Um homem de 37 anos foi indiciado pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira, 18, em Porto Nacional, pela prática, em tese, do crime de furto de um aparelho celular, ocorrido no ano de 2020, no Jardim Querido. O indivíduo foi identificado como autor do crime após investigações realizadas por policiais civis da 70ª Delegacia, sob a coordenação do delegado Antônio de Oliveira.

  Após tomar conhecimento do furto, a equipe de investigadores da 70ª DP, deu início às investigações e conseguiu localizar a pessoa que havia receptado o aparelho subtraído. Ao ser questionado, o indivíduo disse o nome do homem que havia lhe vendido o bem. Com o aprofundamento das investigações, os policiais civis identificaram o vendedor do aparelho celular, o qual é bastante conhecido pela prática rotineira de crimes contra o patrimônio.

 De possa das informações, os policiais civis intensificaram as buscas e descobriram que o autor do furto já se encontrava preso na Casa de Prisão Provisória de Porto Nacional devido à prática de outro crime, em Porto Nacional. Conduzido até a sede da 70ª DP, o homem confessou a autoria do fato. Ele continuará recolhido na CPP de Porto, sendo que o telefone será periciado e restituído ao seu verdadeiro proprietário.

 

Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins