Moradora fica com buracos nas pernas após ser mordida por cães no caminho do trabalho

0
33

Mulher também sofreu ferimentos na cabeça e braços. Caso foi registrado pela Polícia Civil e deverá ser investigado como omissão na guarda de animal perigoso e lesão corporal culposa. Mulher foi atacada por cães em Novo Acordo
Divulgação
Uma moradora de Novo Acordo, na região central do estado, foi atacada por dois cães após sair de casa para trabalhar durante a madrugada. Lucimara Pinheiro de Carvalho, de 38 anos, ficou com vários buracos de mordidas nas pernas, além de ferimentos na cabeça e braços.
O marido dela, Alberto Luiz Lustosa de Oliveira, contou ao g1 que a esposa tinha saído de casa por volta das 5h desta quinta-feira (11), quando foi atacada na rua de casa pelos animais da raça pitbull.
“Ouvi os gritos e desci [a rua]. Quando cheguei um rapaz já tinha tomado ela dos cachorros e os cães voltaram para a distribuidora. Pequei ela, coloquei no meu carro, fui para o hospital e depois fomos para Palmas.”
LEIA TAMBÉM
Vídeo mostra pai e filha subindo em carro para escapar de ataque de cães em Palmas
Mãe deita sobre filho de um ano para protegê-lo de ataque de cães: ‘Ainda estou em choque’
As imagens mostram que a mulher ficou cheia de hematomas das mordidas. “Foram mais de dez buracos de mordida nas pernas”, contou o marido.
Segundo Alberto, o dono dos animais afirmou que ia prestar auxílio à família, mas até agora não tomou nenhuma providência. O g1 ligou para o homem, que é dono de uma distribuidora na cidade, mas a ligação não foi atendida.
Mulher sofreu ferimentos no braço após ser atacada por cães
Divulgação
Lucimara foi atendida na UPA de Taquaralto e deve receber alta nesta sexta-feira (12). O marido conta que registrou o boletim de ocorrência na delegacia da Polícia Civil de Novo Acordo.
O delegado responsável pelo caso requisitou exame pericial que deverá ser realizado no Instituto Médico Legal de Palmas (IML). A Polícia Civil deverá investigar o caso como omissão na guarda de animal perigoso e lesão corporal culposa.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins