HGP aperfeiçoa serviços de apoio e aumenta em 75% capacidade da lavanderia

O maior hospital do Tocantins possui uma demanda de cinco toneladas/dia de rouparia para atender aos usuários que buscam seus serviços.

0
17
Divulgação / Secretaria de Saúde do Tocantins.

Visando a melhoria da assistência ao Usuário do Sistema Único de Saúde (SUS) e servidores que atuam na rotina hospitalar, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) está trabalhando na melhoria dos processos de trabalho e, no último ano, investiu nos serviços de apoio primordiais para o funcionamento das unidades hospitalares, como a lavanderia que foi terceirizada, o que está garantindo o processamento de roupas para a maior unidade hospitalar do Estado, o Hospital Geral de Palmas (HGP) e demais hospitais de Palmas, como o  Hospital e Maternidade Dona Regina (HMDR) e o Hospital Infantil de Palmas (HIP).

Recentemente, o serviço obteve um aumento de 75% em sua capacidade de lavagem de enxoval hospitalar. Para atingir tal percentual, o serviço conta com equipamentos de tecnologia de ponta, que garantem mais segurança com um serviço de lavagem automatizado. São realizadas lavagens de roupas cirúrgicas, capotes, lençóis, aventais, conjuntos privativos dos trabalhadores e pijamas usados pelos pacientes internados.

Atualmente a demanda do Hospital Geral é de cinco toneladas por dia. Com os novos equipamentos, a unidade poderia lavar até nove toneladas de roupas em 24 horas. “Sabemos que nossa demanda é grande, pois somos referência em atendimento para o Tocantins e estados vizinhos. Além das cirurgias de emergência e eletivas temos nossos pacientes que estão acamados. Poder contar com este aumento da capacidade na lavanderia é muito relevante para o bem estar dos usuários e trabalhadores”, destacou o diretor Geral do Hospital Geral de Palmas, Leonardo Toledo.

Sobre o HGP

O Hospital Geral e Palmas (HGP) é considerado uma unidade de média e alta complexidade, sendo referência para o atendimento no Estado e municípios vizinhos, oferecendo cerca de 35 especialidades aos usuários que buscam assistência. Somente no pronto-socorro são atendidas em média quase três mil pessoas por mês.

Com informações da Secretaria de Saúde do Tocantins.