Foragido por assassinato no interior de MG é preso no Tocantins; vítima foi encontrada pelo pai na varanda de casa

0
68
Polícia acredita que o crime foi latrocínio e que o suspeito queria levar o dinheiro que a vítima tinha conseguido após vender gado. Um homem de 19 anos que era considerado foragido da Justiça de Minas Gerais foi localizado e preso em Maurilândia, no extremo-norte do Tocantins, perto da divisa com o Maranhão. Ele é considerado o principal suspeito do assassinato de um agricultor de 44 anos no início do mês em uma fazenda na zona rural de Estiva, no sul mineiro.
A operação para prender o suspeito envolveu policiais civis de três delegacias tocantinenses (Sítio Novo, São Miguel e Itaguatins). As buscas foram coordenadas pela delegada Daniela Caldas após a equipe da polícia de Pouso Alegre (MG) informar que tinha identificado indícios da presença do rapaz na região. O nome dele não foi divulgado e por isso o G1 não conseguiu localizar a defesa para comentar o caso.
No dia do crime, o corpo foi encontrado pelo pai da vítima. Ele chegou em casa e viu o filho sem vida sentado na varanda. A motivação do assassinato seria o roubo de uma quantia em dinheiro que o dono da fazenda tinha recebido pela venda de algumas cabeças de gado dias antes.
O agricultor foi morto com disparos de arma de fogo e também uma facada na cabeça perto de um povoado chamado Pântano das Rosas.
O homem de 19 anos preso foi levado para a Cadeia Pública de Araguatins e aguarda que a Justiça de Minas Gerais organize a transferência. Na época do crime, havia também a suspeita de participação de outro homem que ainda é procurado.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins