Propaganda na TV e Rádio do 2º turno começa na sexta-feira; eleitores voltam às urnas dia 24

Carlesse e Vicentinho vencem cada um em 3 regiões; Kátia foi vitoriosa no Bico e Amastha na microrregião de Palmas
6 de junho de 2018
União Europeia impõe sanções contra vice-presidente e outras autoridades da Venezuela
26 de junho de 2018

Propaganda na TV e Rádio do 2º turno começa na sexta-feira; eleitores voltam às urnas dia 24

O governador interino Mauro Carlesse (PHS) e o senador Vicentinho Alves (PR) decidem no dia 24 de junho quem administrará o Tocantins até 31 de dezembro. Os dois primeiros colocados no primeiro turno estão liberados a fazer propaganda por meio de comícios, alto-falantes, carreatas e distribuir panfletos desde segunda-feira, 4, mas as peças para televisão e rádio só serão transmitidas a partir de sexta-feira, 8.

Carlesse e Vicentinho Alves terão o mesmo tempo de programa neste segundo turno: cinco minutos cada. Devido a Copa do Mundo, as transmissões na televisão foram alteradas. Nos dias 8, 11 e 12 de junho acontecem em dois horários, das 12h15 às 12h25 e das 19h2o às 19h30. Depois disso, a veiculação acontece somente a partir das 19h20, isto nos dias 13, 14, 15, 18, 19, 20, 21 e 22 deste mês.

As pílulas de propaganda também foram alteradas na televisão, com as inserções do dia 8 a 13 acontecendo normalmente, e do dia 14 a 22 de junho ocorrendo entre 17 horas e 1 hora da madrugada.

Já no rádio, a transmissão acontecerá somente na parte da manhã, a primeira das 7 horas às 7h10 e depois das 12 horas às 12h10, nas segundas, quartas e sextas-feiras. As pílulas não sofreram alteração serão distribuídas pelo dia normalmente.

Outras datas
O último dia para realização de comícios e reuniões públicas será 21 de junho. Um dia antes do pleito, 23, é a última oportunidade para promover as candidaturas por meio de alto-falantes ou amplificadores de som, para a distribuição de material gráfico e para a promoção de caminhada, carreata, passeata.

A votação no dia 24 de junho acontece das 8 às 17 horas. O eleito no segundo turno deverá ser diplomado até dia 9 de julho, segundo programação estabelecida pelo próprio Tribunal Regional Eleitoral (TRE).