Município de Colinas do Tocantins contará com nova estrutura do Instituto Médico Legal

Pesquisador do Tocantins estuda distúrbios neurológicos induzidos por deficiência de Tiamina (Vitamina B1)
11 de setembro de 2019
Paixão de Cristo 2020 conquista aprovação de projeto na Lei de Incentivo à Cultura
12 de setembro de 2019

Município de Colinas do Tocantins contará com nova estrutura do Instituto Médico Legal

Parceria com prefeitura municipal vai beneficiar população da região Centro-Norte do Estado.
Fonte Wherbert Araújo/Governo do Tocantins

Com a proposta de melhorar os serviços de atendimento à comunidade da região Centro-Norte do Estado na implementação de ações de medicina legal, foi assinado na manhã desta quarta-feira,11, um termo aditivo ao acordo de cooperação técnica entre a Secretaria da Segurança Pública e a Prefeitura Municipal de Colinas.

O objetivo é a cessão de um prédio público para as novas instalações da unidade do Instituto Médico Legal – IML da cidade. A previsão é que o prédio receba melhorias em sua estrutura e a unidade esteja em pleno funcionamento nos próximos 15 dias.

Segundo o Secretário da Segurança Pública, Cristiano Sampaio, a entrega do novo espaço vai fortalecer o atendimento da polícia científica, como também na implementação do Plano Estadual de Segurança e Defesa Social (PESSE). “Com a otimização de recursos humanos e materiais, vamos poder garantir os serviços de medicina legal aos municípios da região. A previsão é que nos próximos dias a nova estrutura já seja inaugurada”, afirmou.

Para o Prefeito de Colinas do Tocantins, Adriano Rabelo, inicialmente o acordo de cooperação técnica visa a cessão do prédio público, com previsão de doação da estrutura para a Secretaria. “Já estamos fazendo os estudos de Projeto de Lei e encaminhar à Câmara de Vereadores para que possamos realizar a doação da estrutura para a Secretaria da Segurança Pública”, afirmou.

 

Serviços

De acordo com a Perita Oficial Georgiana Ramos, Diretora do IML/TO, a parceria interinstitucional entre os poderes viabiliza a melhoria na prestação de serviços à sociedade. “Em especial aos cidadãos em situação de vulnerabilidade vítimas de violência, como também aos familiares de pessoas que foram a óbito e necessitam de identificação”, ressaltou.

Para a Superintendente de Polícia Científica Nelsiane Parente, a nova estrutura do IML em Colinas contará, também, com os serviços de necropsia em cadáveres recentes ou em avançado estado de decomposição. “Visamos assim manter a regularidade dos serviços prestados, na busca de resultados que, efetivamente, atendam às necessidades da população da região de forma célere e evitando os transtornos dos deslocamentos para Palmas ou Araguaína”, frisou.

 

IML

Atualmente o Estado conta com oito unidades do IML. Com a nova estrutura, municípios da região vão poder contar com os serviços de identificação cadavérica, desafogando os procedimentos que seriam realizados em Araguaína, no Norte do Estado e na Capital, Palmas.

Foto: Governo do Tocantins.