Mulher é eleita provisoriamente presidente do parlamento do Curdistão iraquiano

Mais de 30 migrantes são interceptados no Canal da Mancha
19 de fevereiro de 2019
Empresas de políticos faturaram R$ 1,1 milhão com verba pública na eleição
19 de fevereiro de 2019

Mulher é eleita provisoriamente presidente do parlamento do Curdistão iraquiano

Erbil, Iraque, 18 Fev 2019 (AFP) – O parlamento do Curdistão elegeu, nesta segunda-feira, uma mulher para sua presidência, uma decisão provisória ditada por divisões políticas persistentes nesta região autônoma do norte do Iraque, mais de quatro meses após as eleições legislativas.

Vala Farid, membro do Partido Democrático do Curdistão (PDK) do ex-presidente curdo Massud Barzani, foi eleita presidente na primeira sessão parlamentar desde as eleições de setembro, quando seu partido obteve 45 dos 111 assentos.

O líder do bloco PDK no parlamento, Hemin Hawrami, disse que Farid foi nomeada “temporariamente”, à espera de um acordo com a União Patriótica do Curdistão (PUK), rival do PDK que tradicionalmente ocupa o cargo de presidente da assembleia.

Os deputados do UPK, o partido do ex-presidente iraquiano Jalal Talabani, boicotaram a sessão parlamentar de segunda-feira.

Eles pediram mais tempo para resolver questões com o PDK, incluindo a gestão da disputada província de Kirkuk, rica em petróleo.

O Curdistão iraquiano tem experimentado instabilidade política desde setembro de 2017 e o fiasco do referendo de independência, denunciado por Bagdá e pela comunidade internacional.

Depois de terem votado maciçamente pela secessão, as forças iraquianas tomaram o controle das áreas petrolíferas disputadas, causando um sério revés às autoridades na região autônoma. str-ac/dco/del/cgo/iw/mr
Comunicar erro
O conteúdo foi útil para você?
Newsletters

Para começar e terminar o dia bem informado.
As mais lidas agora
“Não consigo reconhecê-la”, diz irmão de mulher espancada no Rio
Brumadinho: Corpo de grávida hospedada em pousada é identificado
Mãe do menino Joaquim, morto pelo padrasto, responderá por homicídio doloso

Notícias

Seja o primeiro a comentar
Usuário não logado

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso