Julian Assange, fundador do WikiLeaks, é preso na embaixada do Equador em Londres

Revolução sexual dos anos 1960 levou à crise de abusos na Igreja, diz Bento 16
11 de abril de 2019
O que é um buraco negro, e por que há luz na primeira foto de um deles?
11 de abril de 2019

Julian Assange, fundador do WikiLeaks, é preso na embaixada do Equador em Londres

O fundador do WikiLeaksJulian Assange, de 47 anos, foi preso nesta quinta-feira (11) pela polícia britânica na embaixada do Equador, em Londres, onde estava desde 2012. O WikiLeaks é uma organização que divulga documentos confidenciais de governos e empresas.

Segundo as autoridades britânicas, a prisão do australiano tem relação com um pedido de extradição feito por autoridades norte-americanas e um processo que ele responde no Reino Unido por ter deixado de se apresentar à Justiça britânica.

Os policiais entraram na embaixada após o presidente equatoriano, Lenín Moreno, suspender o asilo que concedia a ele.

Logo após ser levado pela polícia, ele foi considerado culpado pelo Tribunal de Westminster, em Londres, por violar as condições de sua libertação provisória no Reino Unido, um crime punível com um ano de prisão.

Uma audiência sobre o pedido de extradição dos EUA será no dia 2 de maio.