Horário de verão perdeu razão de existir no Brasil ou ainda vale a pena?

Governo diz ter cumprido as 35 metas dos seus 100 primeiros dias
11 de abril de 2019
Apenas quatro dos 27 estados brasileiros vivem sem déficit previdenciário, diz Firjan
12 de abril de 2019

Horário de verão perdeu razão de existir no Brasil ou ainda vale a pena?

O tema sempre divide opiniões, e a reação ao anúncio de que neste ano não haverá horário de verão não poderia ser diferente. A decisão do governo Jair Bolsonaro foi comemorada entre aqueles que reclamam das dificuldades de adaptação e criticada por quem gosta de ter uma hora a mais de sol por dia. Mas, afinal, manter o horário de verão no Brasil deixou de fazer sentido?

Ao anunciar a suspensão do horário de verão, o governo afirmou que o adiantamento anual dos relógios em uma hora perdeu “razão de ser aplicado sob o ponto de vista do setor elétrico” diante das mudanças no padrão de consumo de energia e avanço tecnológico.

“Nos últimos anos houve mudanças no hábito de consumo de energia da população, deslocando o período de maior consumo diário para o período da tarde, quando o horário de verão não tem influência”, informou o Ministério de Minas e Energia.

De acordo com o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, o governo fez uma pesquisa segundo a qual 53% dos entrevistados pediram o fim do horário de verão. Não foram divulgados, entretanto, detalhes da pesquisa e dos estudos técnicos.

O tema já vinha sendo estudado desde o governo Michel Temer. Mas, por enquanto, a extinção do horário de verão só tem validade para este ano.