Cruzeiro envia notificação extrajudicial ao Flamengo por aliciar Arrascaeta 24

Sem mexer no elenco, SPFC pode receber mais de R$ 60 mi com transferências 19
8 de janeiro de 2019
Com beleza exuberante, dunas do Jalapão receberam mais de 32 mil visitantes em 2018
8 de janeiro de 2019

Cruzeiro envia notificação extrajudicial ao Flamengo por aliciar Arrascaeta 24

O Cruzeiro enviou uma notificação extrajudicial ao Flamengo para se queixar de aliciamento a Giorgian De Arrascaeta. A informação foi inicialmente divulgada pelo canal Sportv e confirmada pelo UOL Esporte com a assessoria de imprensa celeste.

Por meio de documento enviado pela Federação Mineira de Futebol (FMF) e pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), os mineiros alegam que o clube carioca aliciou o uruguaio que ainda não se reapresentou em 2019.

O camisa 10 recebeu oferta do Flamengo em que teria salário perto da casa de R$ 1 milhão e, na última quinta-feira (3), se reuniu com o vice-presidente de futebol, Itair Machado, para solicitar a transferência. O dirigente, entretanto, recusou o pedido do atleta ao saber que o time carioca era quem tinha interesse na contratação.

A proposta para o Cruzeiro era de 10 milhões de euros (R$ 42,4 milhões) por 50% dos direitos econômicos. Destes, a Raposa ficaria com a metade – 5 milhões de euros (R$ 21,2 mi) – por deter 25% dos direitos do jogador.

Sem acordo, o clube entrou em pé de guerra com o estafe de Arrascaeta. O jogador se queixou de ter o seu celular e o do agente Daniel Fonseca divulgados após uma reunião em Belo Horizonte. Ele alega que recebeu inúmeras ameaças e xingamentos nas redes sociais. O atleta, contudo, não foi o único a se manifestar. O Cruzeiro também criticou o agente do jogador e o colocou como vítima do mesmo.

Posteriormente, Itair Machado fez duras críticas ao empresário em entrevista ao canal Fox Sports, o chamando de “bandido”:

“O Djian até perguntou se eu tinha tomado calmante, que o cara me falou um monte, e eu fiquei calado. Então não teve nada, ele está querendo é levar na justiça do trabalho, mas o Cruzeiro deu a nota mostrando para a Justiça do Trabalho e que nossa lei não pode ser refém de um bandido que está dominando a mente do jogador. O que eu quero passar que o nosso jogador está sendo refém de um bandido, que domina a mente do jogador. O cara é bandido”, comentou na ocasião.