Após AOCP divulgar notas e folhas de resposta de provas, PM diz não ter autorizado

Doria anuncia acordo com governo federal e diz que obras do ferroanel de SP começam este ano
30 de janeiro de 2019
Estado garante que barragens do Tocantins estão bem abaixo da cota de operação
30 de janeiro de 2019

Após AOCP divulgar notas e folhas de resposta de provas, PM diz não ter autorizado

Após as notas dos candidatos ao concurso da Polícia Militar do Tocantins terem sido divulgadas nesta terça-feira, 29, no site da AOCP, responsável pelo certame, a PM emitiu nota à imprensa afirmando que não autorizou a empresa a publicar essas informações.

A organizadora do concurso divulgou em detalhes o boletim de desempenho das provas objetivas e as folhas de respostas, além dos nomes dos candidatos que foram eliminados por suposta participação em tentativa de fraude.

Em nota, a Comissão dos Concursos da PM informou que foi atendida quanto ao pedido de acesso aos autos de Inquérito Policial que investiga supostas irregularidades na execução da primeira etapa do certame e pontuou que, a partir disso, a empresa AOCP será notificada para apresentação de sua defesa.

“Ressalta que a divulgação dos boletins de desempenho das provas objetivas e das folhas de respostas, por parte da AOCP, não foi autorizada pela Comissão do Concurso, visto este continuar suspenso”, relatou a Comissão, reforçando que “a PMTO preza pela legalidade e eficiência de seus atos e, no que tange ao referido processo, continuará com transparência e imparcialidade”.

O concurso da PM foi realizado em março do ano passado, ofertando mil vagas para soldado e 40 para oficial. O certame teve a participação de mais de 70 mil candidatos e está parado, sob investigação, após uma tentativa de fraude.

T1 NOTICIAS